Tecnologia financeira: tendências e desafios em 2023

2023 está aqui e para superar 2022 é preciso repensar processos e colocar a tecnologia à serviço da eficiência. 

Segundo a empresa de pesquisas Gartner, excelência operacional em busca da eficiência e o olhar apurado para as novas tecnologias e tendências comportamentais do mercado são armas poderosas para reduzir custos e acelerar a transformação digital.

Em seu relatório de tendências para 2023, a consultoria apontou três desafios que vão orientar o setor financeiro:
otimizar processos, dimensionar soluções verticais e atuar com pioneirismo.
O estudo aponta também que o setor de tecnologia tem cada vez mais uma posição estratégica e necessária nas empresas.

Por isso, as empresas precisam prestar atenção às tendências tecnológicas que vão ajudar a sua empresa a identificar oportunidades de crescimento ou possíveis interrupções.

Agora as plataformas de gestão financeiras focam exclusivamente em experiências unificadas para que as empresas consigam conduzir seu negócio com autenticidade e transparência.

Entretanto, vale a pena ficar de olho para as tendências tecnológicas que o mercado de finanças prepara para 2023.

tecnologia-financeira

As tendências financeiras na tecnologia para 2023

  1. Inteligência artificial
  2. Blockchain
  3. Pagamentos contactless
  4. Cibersegurança
  5. Big Data

1. Inteligência artificial

O time financeiro vive sob pressão para que consiga administrar com qualidade e eficiência as finanças corporativas. Com isso, podemos esperar que as inteligências artificiais se inovem ainda mais para entregar resultados transparentes e ágeis nos processos da rotina diária. 

As inteligências artificiais contaram com chatbots ou assistentes virtuais que simplificam as tarefas complexas para contribuir com resultados dinâmicos. Aliás, a percepção de como a inteligência artificial mudará, pois ela conseguirá determinar as exigências de cada empresa para que contribua para entregas personalizadas.

>>Você pode estar interessado em: 5 Soluções digitais para organizar as despesas corporativas que os bancos tradicionais não oferecem<<

2. Blockchain

Outro desafio que pode ser melhorado é a redução de custos, pois com o auxílio da tecnologia Blockchain isso ficará mais fácil. O Blockchain é um banco de dados que permite transações seguras, transparentes e a prova de adulteração.

Para as finanças corporativas isso é essencial, visto que as empresas precisam de transações mais seguras e com a devida privacidade. Aliás, o Blockchain consegue reduzir custos ao eliminar a necessidade de intermediários e proporcionando mais eficiência nas atividades.

Algumas plataformas de gestão de despesas possuem Blockchain integrados que além de transmitir segurança e confiança são capazes de apresentar os gastos em tempo real com apenas alguns cliques de qualquer dispositivo.

3. Pagamentos contactless

Além do pagamento por aproximação que cresceu nos últimos anos, agora as pessoas vão efetuar seus pagamentos pelo próprio dispositivo móvel que possuem.;

Com o avanço da tecnologia, o papel está sendo abandonado e dando luz para soluções digitalizadas que funcionam com mais eficiência e rapidez. Os cartões de crédito corporativo virtuais tomaram ainda mais conta das finanças, pois evitam roubos e fraudes. Além do mais, podem ser criados com rapidez pelo aplicativo para qualquer necessidade.

>>Você pode estar interessado em: 5 razões por que sua empresa precisa de cartões de créditos virtuais<<

4. Cibersegurança

Quando o assunto são as finanças corporativas, cada vez mais é essencial que exista um controle. Por isso, as tendências de 2023 para a tecnologia financeira é que a cibersegurança ganhe ainda mais credibilidade.

Por isso, as soluções financeiras digitalizadas investiram esforços para que os dados permaneçam hospedados em servidores na nuvem. Assim fica mais fácil evitar que ocorra perda de dados ou que computadores sejam invadidos. Com isso, os processos digitais financeiros ganham criptografia de dados e autenticações mais restritas.

tecnologia-financeira-big-data

5. Big Data

Para as análises rápidas, muitas soluções financeiras irão investir ainda mais no Big Data. Isso proporciona decisões assertivas para controlar as finanças de forma equilibrada e transparente.

As informações colhidas através do Big Data são ricas que podem ajudar a compreender até mesmo o comportamento dos clientes referente aos serviços ou produtos oferecidos pela empresa.

Como resultado, as informações podem ser usadas para o desenvolvimento de novos investimentos, produtos, marketing e planejamentos recompensadores. O Big Data ainda é capaz de melhorar as atividades rotineiras de análises e pode reduzir custos.

As tendências da tecnologia financeira concentram novas percepções para que as empresas consigam resultados mais produtivos. Sem esquecer que o controle e a visão ampla dos gastos ficarão como cargo principal.

>>Você pode estar interessado em: A classificação de despesas corporativas influencia diretamente no fluxo de caixa do seu negócio<<

A Clara é uma empresa que se preocupa em proporcionar a melhor experiência do controle dos gastos para as empresas, isso tudo com autonomia e rapidez.

Nossos cartões de crédito empresarial são integrados a uma plataforma de gestão de despesas que disponibiliza visualizações em tempo real de todos gastos realizados por time, colaborador e área.